terça-feira, Outubro 21, 2014

Uma Canção

Minha terra não tem palmeiras…
E em vez de um mero sabiá,
Cantam aves invisíveis
Nas palmeiras que não há.

Minha terra tem relógios,
Cada qual com sua hora
Nos mais diversos instantes…
Mas onde o instante de agora?

Mas onde a palavra “onde”?
Terra ingrata, ingrato filho,
Sob os céus da minha terra
Eu canto a Canção do Exílio!
Mário Quintana

segunda-feira, Outubro 20, 2014

As mais belas quedas de água do mundo

Jorge Delfim Photography - O Cantinho do Jorge
Quedas de água, cachoeiras, cascatas ou cataratas são formações geomorfológicas nas quais os cursos de água correm por cima de rochas de composição resistente à erosão, formando uma súbita quebra na vertical.
As quedas de água podem ser de vários tipos.
Catarata - Têm este nome quando a queda tem um grande caudal e forma uma espécie de cortina. A extrema força da água corrói as rochas na base da catarata, permitindo que se forme uma espécie de piscina (ex: Cataratas de Iguaçú).
Salto - Têm este nome quando a queda é em forma de esguicho, e a água cai de forma ininterrupta de grande altura (ex: Salto Ángel).
Cascata - Tem este nome quando a queda da água se faz a partir de uma massa de rochas de inclinação irregular, no sentido vertical, deslizando depois sobre uma série de declives acidentados (ex: Frecha da Mizarela, em Portugal)
Para ficar a conhecer melhor as mais altas cataratas do Mundo clique aqui. Se quiser ficar a conhecer as mais belas cascatas de Portugal clique aqui.
O vídeo abaixo mostra-lhe as mais belas quedas de água existentes no mundo, de acordo com a perspectiva do autor. Propõe-lhe, também, um pequeno jogo. Depois da apresentação de cada queda de água o vídeo fica em pausa durante algus segundos, para que a consiga identificar. Se não conseguir, não se preocupe porque depois o autor deste documentário dir-lhe-á qual é. Não perca esta oportunidade! Ora veja!
Veja agora um vídeo sobre a Frecha da Mizarela (queda de água com cerca de 60 metros, no rio Caima, Serra da Freita), em Portugal .

domingo, Outubro 19, 2014

The Fountain

A harpa é dos instrumentos musicais mais antigos. Segundo se pensa a sua origem vem dos arcos de caça que faziam barulho ao roçarem na corda. A harpa é sempre triangular, lembrando um arco de caça e é constituída pela caixa de ressonância, pela coluna, pelo pescoço(s), pelos pedais e pelas cordas.
Alisa Sadikova é uma jovem (11 anos) harpista russa. Veja-a no vídeo abaixo, interpretando de forma extraordinária a obra "The Fountain", do compositor Marcel Lucien Grandjany. Alisa é aqui acompanhada pela orquestra do Conservatório Estadual, Rimsky-Korsakov, de São Petersburgo.
Vale a pena ouvir esta jovem russa. Até parece fácil tocar harpa.
Ora veja!

sábado, Outubro 18, 2014

Por Toda a Minha Vida: Com Tim Maia

"Por Toda a Minha Vida" é um programa especial exibido pela emissora de televisão brasileira, Rede Globo, desde Dezembro de 2006. Em 2007 passou a ser um programa fixo da grelha de programação desta rede de televisão.
"Por Toda a Minha Vida" já contou a história de vários artistas da música popular brasileira. É apresentado por Fernanda Lima e realizado por Ricardo Waddington.
Os artistas homenageados foram, entre outros,  Nara Leão, Renato Russo da Legião Urbana, Tim Maia e,  recentemente o especial dos Mamonas Assassinas, Dolores Duran, Chacrinha, Cazuza, Claudinho (da dupla funk Claudinho & Buchecha), Raul Seixas, Adoniran Barbosa, RPM, Cartola e As Frenéticas.
O vídeo abaixo é o programa "Por Toda a Minha Vida", exibido em 2007, que homenageia  o grande Tim Maia.
Tim Maia foi um cantor, compositor, produtor, maestro, multi-instrumentista e empresário brasileiro, responsável pela introdução do estilo soul na música popular brasileira. É reconhecido mundialmente como um dos maiores ícones da música no Brasil.
As suas músicas eram marcadas pela rouquidão de sua voz, sempre grave e carregada, tendo com ela conquistado um grande número de fãs e conseguido que muitas das suas músicas se transformassem em verdadeiros sucessos.
Não perca a oportunidade de conhecer a vida extraordinária deste ícone da música brasileira. Não perca!

sexta-feira, Outubro 17, 2014

A Europa By Night

Hoje proponho-lhe um vídeo extraordinário, em timelapse, que demonstra um domínio fabuloso das mais recentes tecnologias.
O vídeo é composto de milhares de fotografias transformadas em vídeo, com o objectivo de provocar a apreciação de obras-primas da arquitectura europeia, realizadas devido ao engenho e arte humanas.
O seu autor é Luke Shepard, que é um estudante da American University em Paris. Segundo ele "este vídeo é uma celebração do brilho e da diversidade da arquitectura Europa fora".
Luke Shepard e uma amiga viajaram durante três meses, visitando 36 cidades em 21 países europeus, com o objectivo de "capturar algumas das grandes estruturas arquitectónicas europeias de uma forma nova, diferente".
O resultado foi este vídeo que nos mostra algumas destas cidades e respectivos monumentos, todos fotografados durante a noite.
O passeio virtual de hoje é, então, este: das Portas de Brandenburgo, em Berlim, ao Museu Guggenheim de Bilbao, na Espanha, do Arco do Triunfo em Paris ao Palácio dos Doges em Veneza, ou ao Coliseu, em Roma, passando pela London Bridge e pela Torre de Belém, em Lisboa – sem excluir obras espectaculares contemporâneas em várias capitais, todas retratadas à noite, sob iluminação artificial.
Estas são imagens que nos enriquecem e que nos emocionam. Não perca esta oportunidade!
Ora veja!

quinta-feira, Outubro 16, 2014

Todas as aves do mundo de amor cantavam...

Todas as aves do mundo de amor cantavam...
e os grandes horizontes se estendiam multicores
e os dias da vida eram tão raros ainda
que se podiam enumerar, só por suas lembranças.

“Todas as aves do mundo de amor cantavam...”
mas grandes mares se abriram para passagens belas como ritos,
e os dias se tornaram tão numerosos e densos e duros
como essas pedras das fortalezas em montanhas antigas.

E agora são na verdade os dias inumeráveis
e cada um com sua angustia, e todos eles se entrechocam,
e a noite vem mais cedo há tempestades entre as nuvens.

E eu queria que todas as aves do mundo de amor cantassem,
mas um vasto silencio, uma vigília de morte
estende céus frios, céus escuros sobre amargos corações.
Cecília Meireles; 1960, "Poesia Completa" - Dispersos (1918-1964)

quarta-feira, Outubro 15, 2014

As Termas dos Cucos

As Termas dos Cucos situam-se a menos de 1 Km. de Torres Vedras, junto à Estrada Nacional nº 9, a caminho de Runa e a uma altitude de 33 m.
O complexo termal dos Cucos, com traça do engenheiro António José Freire, foi inaugurado em 15 de Maio de 1893, embora já se encontrasse a trabalhar em fase experimental em 1892.
Este complexo destinava-se a balneoterapia com banhos de lama; inalações e ingestão de água para o tratamento da gota, artrite-reumática, afecções do aparelho locomotor, reumatismo, doenças da pele e da nutrição, linfantismo e doenças das senhoras.
As Termas dos Cucos estão, infelizmente, encerradas desde 1998. Do lado de fora os edifícios das termas estão bem pintados e o jardim bem arranjado, mas no seu interior são já visíveis sinais de degradação.
Apenas o parque está aberto para usofruto da população, dado que os seus jardins, constituem, ainda assim um aprazível local de lazer. No parque encontram-se alguns exemplares de grande importância, nomeadamente as Yucas. O conjunto tem como cenário a encosta da Serra da Madeira, de acentuado declive e coberta de vegetação selvagem.
Numa época em que o termalismo e os Spa estão em alta, é uma pena termos este tipo de patrimómio desactivado e ao abandono. Aqui fica o alerta!