sexta-feira, Outubro 31, 2014

Tocando Em Frente

Fique hoje com mais uma música sertaneja. Oiça Almir Sater em "Tocando em Frente".
Almir Sater (1956) é um compositor, cantor e instrumentista brasileiro que actuou em novelas como actor. O seu estilo caracteriza-se pelo experimentalismo e a sua música é classificada como atemporal.
Com mais de 30 anos de carreira e 10 discos solo gravados, Almir tornou-se um dos responsáveis pela preservação da viola de 10 cordas. O seu último CD, 7 Sinais (2006), traz um repertório eclético e inovador e conta com participações especiais dos sanfoneiros Dominguinhos e Luiz Carlos Borges.
Veja-o, então a interpretar "Tocando Em Frente".
Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte,
Mais feliz, quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco sei,
Ou nada sei

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente

Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia,
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora

Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

quinta-feira, Outubro 30, 2014

Mistérios do Mundo Invisível

Vivemos num mundo de beleza invisível que é imperceptível ao olho humano. As pessoas vivem as suas vidas rodeadas por coisas que não conseguem ver.
Para trazer este mundo invisível "à luz do dia", o cineasta Louie Schwartzberg utilizando câmeras de alta velocidade, microscópios e a técnica dos time - lapses, mostra nas TED - Talk 2014, o seu mais recente projecto: um filme 3D, intitulado "Mistérios do Mundo Invisível", que desacelera, acelera e amplia as maravilhas surpreendentes da natureza.
Depois de ver o vídeo abaixo, somos capazes de mudar para sempre o nosso entendimento sobre o mundo, em paricular sobre a natureza.
Não perca a possibilidade de ver a natureza desta maneira.
Ora veja!

quarta-feira, Outubro 29, 2014

Perder, dói

Perder, dói! Não adianta dizer NÃO SOFRA, NÃO CHORE; só não podemos ficar parados no tempo chorando nossa dor diante das nossas perdas.
Lya Luft

terça-feira, Outubro 28, 2014

A Chave de Salomão

"A Chave de Salomão", é o mais recente livro do autor português, José Rodrigues dos Santos.
Sinopse
 "O corpo de Frank Bellamy, o director de Tecnologia da CIA, é descoberto no CERN, em Genebra, na altura em que os cientistas procuram o bosão de Higgs, também conhecido por Particula de Deus. Entre os dedos da víctima é encontrada uma mensagem incriminatória. A mensagem torna Tomás Noronha o principal suspeito do homicídio. Depressa o historiador português se vê na mira da CIA, que lança assassinos no seu encalço, e percebe que, se quiser sobreviver, terá de deslindar o crime e provar a sua inocência. Ou morrer a tentar. Começa assim uma busca que o conduzirá às mais surpreendentes descobertas científicas alguma vez feitas. Será que a alma existe? O que acontece quando morremos? O que é a realidade? Com esta empolgante aventura que arrasta o leitor para o perturbador mundo da consciência e da natureza mais profunda do real, José Rodrigues dos Santos volta a afirmar-se como o grande mestre do mistério. Apesar de uma obra de ficção, "A Chave de Salomão" usa informação científica genuína para desvendar as espantosas ligações entre a mente, a matéria e o enigma da existência. "
De acordo com alguns críticos José Rodrigues dos Santos, nesta obra, consegue ser melhor e mais empolgante do que Dan Brown, portanto, vamos pôr a leitura em dia.

segunda-feira, Outubro 27, 2014

Canção do Amor Imprevisto

Eu sou um homem fechado.
O mundo me tornou egoísta e mau.
E a minha poesia é um vício triste,
Desesperado e solitário
Que eu faço tudo por abafar.

Mas tu apareceste com a tua boca fresca de madrugada,
Com o teu passo leve,
Com esses teus cabelos…

E o homem taciturno ficou imóvel, sem compreender nada, numa alegria atônita…
A súbita, a dolorosa alegria de um espantalho inútil
Aonde viessem pousar os passarinhos.
Mário Quintana 

domingo, Outubro 26, 2014

O Castelo da Dona Chica

Castelo da D. Chica - Ruin'arte
O Castelo da D. Chica, também referido como Castelo de Palmeira, Casa da Chica ou Palácio de D. Chica, localiza-se na freguesia de Palmeira, concelho de Braga, em Portugal.
Trata-se de um edifício apalaçado, de estilo romântico e com características ecléticas, projectado pelo arquiteto suíço Ernesto Korrodi.
Começou a ser construído há 100 anos, por ordem de Francisca Peixoto de Sousa. nascida no Brasil, que mandou vir do seu país muitas das espécies arbóreas actualmente existentes na mata envolvente.
Ao longo da sua história esta mansão mudou várias vezes de proprietário. As  obras de finalização desta casa arrastaram-se  por décadas, só ficando concluídas em 1991, tendo-se transformado em Imóvel de Interesse Público em 1985.
Atualmente encontra-se em estado de abandono e degradação, estando no centro de uma disputa judicial, que envolve várias entidades, quanto à sua posse,


sábado, Outubro 25, 2014

Beijinho Doce

Oiça os cantores brasileiros, Michel Teló e Paula Fernandes, na célebre música sertaneja, "Beijinho Doce".
"Beijinho Doce" é uma canção composta por João Alves dos Santos, o popular Nhô Pai, que foi gravada pela primeira vez em 1945 pelas Irmãs Castro. Esta dupla era formada por Maria de Jesus Castro e Lourdes Amaral Castro.
A canção já teve inúmeras gravações e também foi sucesso nas vozes das Irmãs Galvão, Duo Ciriema e da cantora Nalva Aguiar.
Em 2008, foi tema das personagens Flora e Donatella, que formavam a dupla sertaneja Faísca e Espoleta, na novela da Rede Globo, "A Favorita", tendo feito, de novo, um enorme sucesso entre os telespectadores.