sexta-feira, março 09, 2012

O Diabo dos Números

O Diabo dos Números é um livro de Hans Magnus Enzensberger, um grande poeta e pensador alemão contemporâneo.
"O Diabo dos Números", usa as letras como arma, traduzindo o pensamento matemático para uma linguagem acessível aos estudantes. O autor ensina o personagem Robert, a gostar ainda mais dos flocos de neve, uma vez que neles existem relações fabulosas entre a aritmética e a geometria.
Enfim, os diálogos entre Teplotaxl e Robert ensinam este último a conversar sobre números e, de conversa em conversa, o menino descobre que eles são um grande assunto, desses que dão vontade de falar durante horas e horas.
O livro nega desde o início aquele lugar-comum segundo o qual quem gosta de matemática não gosta de literatura ou, numa outra versão, quem sabe fazer contas não sabe escrever.
Robert, o menino do pijama azul, fazia parte dessa maioria que acha os números não só monstruosos, mas também absurdos e inúteis. Um dia, entretanto, ele começa a sonhar com um certo Teplotaxl, um diabo que pinta e borda com a matemática. No total, são doze sonhos, e a cada sonho o tal Teplotaxl faz malabarismos tão interessantes que os números simplesmente deixam de ser malditos. Ficam claros para Robert. Claros e diabolicamente divertidos.
Tudo se torna então tão fácil que Roberto quer saber cada vez mais — e com ele o leitor deste romance maravilhoso, que é já um grande sucesso internacional.
Entretanto, se quiser ver um trabalho feito por alunos, acerca deste livro, é só ver vídeo que se segue.

Sem comentários: