terça-feira, novembro 03, 2015

O Convento ou Mosteiro de Santa Clara

O Convento ou Mosteiro de Santa Clara foi fundado por iniciativa de D. Afonso Sanches, filho bastardo de Dinis I de Portugal, e de sua esposa, D. Teresa Martins.

Este mosteiro está localizado no centro da cidade de Vila do Conde (distrito do Porto), sem uso e ao abandono. Já esteve para ser pousada, atualmente aguarda luz verde para projeto camarário de recuperação do edifício.

Foi um convento feminino instituído em 1318 e extinto no século XIX. Do antigo conjunto, resta a magnífica igreja em estilo gótico e parte do edifício conventual (a área residencial,outrora designada como os "dormitórios novos"), reedificada parcialmente no século XVIII, e ainda os arcos do antigo claustro com o seu chafariz e o extenso aqueduto - o aqueduto de Santa Clara, em parte destruído.

Na igreja encontram-se alguns importantes túmulos: o de Beatriz de Portugal, filha do beato Nuno Álvares Pereira, o dos Condes de Cantanhede e os dos fundadores.

Um dos momentos mais notáveis da história do convento ocorreu sob a abadessa D. Isabel de Castro (1518-1543). A reedificação de 1777 em gosto neopalladino é do mestre pedreiro Henrique Ventura Lobo, que trabalhou na Cadeia do Tribunal da Relação do Porto.

Associadas a este convento estão as lendas da Abadessa Berengária e a da Menina do Merendeiro - originárias do convento - que testemunham, da parte das monjas da casa, anseios duma vivência cristã muito depurada.

Após o decreto de extinção das ordens religiosas (1834), a vida no convento foi-se apagando lentamente, até chegar ao seu termo em 1892, com a morte da última freira.
Em 1902 as dependências do antigo convento receberam a Casa de Detenção e Correcção do Porto, depois Reformatório de Vila do Conde e Escola Profissional de Santa Clara, sendo hoje conhecido como Centro Educativo de Santa Clara, estabelecimento de tutela de menores que funcionou até 2007.

Atualmente o Convento encontra-se abandonado.
Em setembro de 2008 foi assinado um contrato entre o Turismo de Portugal e o Grupo Pestana com vista à sua transformação em Pousada de Portugal, projecto que não foi concretizado.

Em 2013, os vilacondenses criaram um "abraço" de cinco minutos ao mosteiro para protestar contra a degradação do edificio e exigir uma intervenção urgente: O Mosteiro de Santa Clara permanecia devoluto.


Em 2015, após acordo com a câmara de Vila do Conde, o Mosteiro de Santa Clara vai sofrer obras de de reabilitação com o objectivo de albergar os serviços municipalizados de Vila do Conde.

Sem comentários: