quarta-feira, novembro 11, 2015

Água-Pé & Jeropiga

Hoje é Dia de São Martinho. Tradicionalmente, no nosso país, o dia é marcado pelas celebrações desta efeméride e do outono, com a realização de magustos regados a Água-Pé e Jeropiga.

A água - pé, a par da jeropiga, são geralmente confeccionadas como bebidas que acompanham os magustos  (festejos de boas-vindas às castanhas) e outras festividades tradicionais do período de Outono e Inverno, com maior uso nas regiões do Minho, Trás-os-Montes, Beira Interior e Ribatejo

A água-pé é um bebida alcoólica tradicional de Portugal. Tem baixo teor de álcool e resulta da adição de  aguardente e de água ao bagaço (pé ou engaço) de uva.

A jeropiga é, também, uma bebida alcoólica tradicional de Portugal. É preparada adicionando aguardente ao mosto de uva para parar a fermentação, ficando uma bebida mais alcoólica que o vinho.

Segundo o dicionário Houaiss, o vocábulo Jeropiga pode ser uma corruptela de "xaropiga", inventada a partir de xarope, por ser uma bebida doce.  Mas há outras explicações. Assim, para alguns pode significar qualquer bebida de má qualidade, o que também é mencionado num escrito de Camilo Castelo Branco.

No Brasil, a jeropiga é atualmente fabricada artesanalmente na cidade de Rio Grande (Rio Grande do Sul). A sua confecção é atribuída à presença portuguesa na região, sendo muito afamada a que é produzida tradicionalmente na Ilha dos Marinheiros.

De qualquer modo, não se esqueça que em Portugal, no dia de S. Martinho, com duas castanhas se faz um magustinho. Ah! E já agora acompanhado com boa água - pé e boa jeropiga.

Sem comentários: