sábado, outubro 31, 2015

As Feiras e as Broas dos Santos e o Pão Por Deus.

Nesta altura do ano, em Portugal, é tradição realizarem-se as Feiras dos Santos (por exemplo em Chaves, Cartaxo, Mangualde, Vila Pouca de Aguiar ou Alcains, entre outras) ou as Feiras dos Frutos Secos.
Os frutos secos (castanhas, nozes e passas de figo), os produtos da época, as broas, o artesanato, a água-pé, os vinhos, a gastronomia e a animação atraem todos os anos milhares de visitantes a estes locais. Mais do que a oportunidade de aquisição destes produtos, estas feiras são a afirmação de tradições que têm fortes raízes populares.
É também tradição, por esta altura, pedir o "Pão Por Deus" e confeccionar as Broas de Todos os Santos.
A palavra "broa" parece ter origem germânica, mais especificamente sueva. Estes povos originários das zonas ribeirinhas do Báltico e da Península da Jutlândia, actual Dinamarca, estabeleceram-se na Península Ibérica e deram origem a Portugal e à Galiza espanhola.
Broa ou boroa é uma palavra que se utiliza, com frequência, no Norte e Centro de Portugal , designando uma forma de pão.
O que lhe proponho hoje é mais uma receita de Broas dos Santos (broas doces), simples e rápida de confeccionar.
Ingredientes:
125ml de azeite
175ml de água
2 colheres de sopa de mel
150 g de açúcar
1 colher de sopa de canela
1 colher de sopa de erva doce
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
25 g de nozes picadas
350 g de farinha para bolos já com fermento
90 g de farinha de milho fina
óleo q.b.
1 ovo batido
Nozes q. b. (para enfeitar)
Preparação:
Coloque todos os ingredientes líquidos num alguidar. Junte o açúcar, o mel, a canela, a erva doce, o bicarbonato e as nozes. Mexa este preparado. Em seguida junte as farinhas e bata durante uns minutos.
De seguida, faça as broínhas com as mãos, com o típico formato alongado, e coloque num tabuleiro untado com óleo e enfarinhado.
Coloque em cada broa, um bocado de noz, e pincele as broas com ovo batido.
Leve a forno pré-aquecido a 180ºC durante 15m.
E estão prontinhas a comer e a celebrar esta época do ano.

Sem comentários: