quinta-feira, abril 15, 2010

Zorba, O Grego

O filme Zorba, O Grego, é absolutamente inesquecível.
A cena que lhe proponho que veja hoje, junta dois talentos espantosos. O do actor Anthony Quinn e o do músico Mikis Theodorakis.




Anthony Quinn (1915 — 2001), foi um premiado actor estadunidense nascido no México. Naturalizou-se cidadão dos Estados Unidos nos anos 40 do século XX. Antes de iniciar a sua carreira como actor trabalhou num talho e foi lutador de boxe. Chegou também a estudar arquitectura.
Ganhou o seu segundo Óscar por uma participação de apenas 8 minutos. Foi o tempo de todas as suas cenas em Sede de Viver. É o vencedor do Óscar, que mais filmes fez ao lado de outros ganhadores desta estatueta, na categoria de melhor actuação. Anthony Quinn talvez seja o actor que mais papéis diversificados fez. Caracterizou-se por representar personalidades famosas como Barrabás ou o magnata grego, Aristóteles Onassis. Dentre outros gregos que interpretou, está talvez o seu papel mais carismático: Zorba. Outras personagens de gregos que interpretou foram o pai de família problemático em "Um Sonho de Reis" e o combatente de "Canhões de Navarone". Foi o esquimó de Sangue sobre a Neve (1960) e o toureiro de Sangue e Areia (1941). No filme A Vigésima Quinta Hora, que demonstra o absurdo das idéias nazis, fez o papel de um romeno católico que foi preso como judeu, cigano, revoltoso e até como um dos modelos perfeitos da genética ariana. Ainda interpretou os papéis de índio norte-americano, mexicano condenado ao linchamento (Consciências Mortas) e mafioso italiano. A sua versatilidade em cena e a extensa carreira tornaram-no um dos maiores actores do cinema.
Mikis Theodorákis (1925), é um compositor e político grego mundialmente conhecido pela banda sonora dos filmes de Hollywood, Zorba, o Grego (1964) e Serpico(1973). Em 1980-1982 foi-lhe atribuído o Prémio Lenin da Paz. Theodorákis é também conhecido pelas suas posições políticas de esquerda. Expressa-as, abertamente, mesmo durante o governo da junta militar que liderou a ditadura grega. Militou em diversas campanhas de direitos humanos, como o conflito do Chipre, as tensões entre a Turquia e a Grécia, os ataques da OTAN contra a Sérvia, o sequestro de Abdullah Öcalan ou o conflito israelo-palestiniano. Recentemente as suas declarações contra George W. Bush e Ariel Sharon, suscitaram diversas críticas.
Agora veja o vídeo que reuniu, muitos anos depois, estas duas personalidades. Mais uma vez o motivo foi a música de Zorba, O grego.

video

Sem comentários: